1 2 3
Artigos

O QUE É DEPRESSÃO?

Depressão vai além de tristeza. É mais do que ter um dia ruim ou ter de lidar com o sentimento de tristeza pela perda  de alguém que ama: pais, avós, bicho de estimação. Não é também um sinal de fraqueza ou falta de caráter. Jovens adolescentes sofrendo de depressão não conseguem simplesmente sair dela.

Depressão é um desequilíbrio do cérebro que afeta toda a pessoa, a maneira que ela pensam vê as coisas, sente, e age. Pode levar a mau desempenho escolar, uso de álcool, drogas e mesmo suicídio. No entanto É MUITO TRATÁVEL.

Quais os primeiros sinais do início de uma depressão ?

  • Tristeza e falta de esperanças persistentes.

  • Afastamento de amigos e atividades de que gostava.

  • Aumento de irritabilidade e agitação

  • Perder aulas ou desempenho ruim na escola

  •  Mudanças em hábitos alimentares de no sono.

  • Indecisão, falta de concentração ou esquecimentos.

  • Pouca auto-estima ou sentimento de culpa.

  • Dores físicas constantes como dores de cabeça e estômago.

  • Falta de entusiasmo, pouca energia ou motivação.

  • Abuso de drogas e/ou álcool. 

  • Pensamentos de morte ou suicídio.

Existem outras desordens ou comportamentos que existem junto com a depressão?

  • Jovens sob estresse  ou que apresentam desordens de atenção, comportamento ou de conduta, correm o risco maior de terem depressão)  (American Academy of Child & Adolescent Psychiatry [AACAP], 1995)

  • Quase um terço de crianças entre seis e 12 anos de idade diagnosticadas com uma depressão séria tendem a desenvolver Desordem bipolar em poucos anos. (AACAP, 1995)

  • De cada 4 entre 5 crianças que fogem de casa, sofrem de depressão. (U.S. Select Committee on Children, Youth & Families)

  • Depressão clínica pode contribuir para o desenvolvimento de desordem de alimentação. No entanto desordens de alimentação levam à depressão. (Stellefson, Medical University of South Carolina, 1998)

O QUE PAIS E PESSOAS QUE TOMAM CONTA DE CRIANÇA (Professores)   PODEM FAZER

Se os pais ou outro adulto na vida do jovem suspeitam que ele tem problemas com depressão devem:  

  • Estarem atentos aos comportamentos que trazem preocupação e notarem por quanto tempo eles está ocorrendo, com que freqüências acontecem e quão severos parecem ser. 

  • Procure ajuda profissional para avaliação ou diagnostico. 

  • Procure mais informações em livros, internet e outros recursos.

  • Faça perguntas sobre tratamentos e serviços. 

  • Fale com outras famílias que tiveram problemas similares e veja como procederam, se houve melhora da criança, etc.

  • Tente encontrar um grupo de apoio.

Se a família não ficar satisfeita com as respostas do profissional/ médico que visitaram o que fazer a seguida?

Depois de tentar esclarecimentos mude de médico, e procure mais informações através de órgão/escolas que têm experiência neste tipo de tratamento.  

SAIBA DOS FATOS:

  • Um criança a cada 33 e um em cada oito adolescentes, podem ter depressão.  (U.S. Center for Mental Health Services [CMHS], 1996).

  • Um vez que o jovem teve uma depressão forte, ele ou ela estão em risco de desenvolverem outra depressão dentro dos próximos 5 anos. (CMHS, 1996).

  •  Dois terços das crianças com problema mental não recebem nenhum tratamento ou ajuda. (CMHS, 1996) .

  • Um estudo recente feito pelo  Dr. Graham Emslie of the University of Texas, Southwestern Medical Center, concluiu que o tratamento para crianças é tão efetivo como o para adulto. (American Medical Association, Archives of General Psychiatry, November 15, 1997).

  •  Suicídio é a terceira maior causa de morte entre pessoas de 15 a 24 anos (aproximadamente 5.000 jovens e é a sexta maior causa de morte entre crianças entre 5 e 15 anos. O número de suicídios para jovens entre 5e 24 anos quase triplicou desde 1996. (American Academy of Child & Adolescent Psychiatry [AACAP], 1995.) – note que estas pesquisas referem-se aos Estados Unidos).

Material revisto pelo Dr. David G. Fassler, M.D.,  
Otter Creek Associates, Burlington, VT and author
(with Lynn Dumas) of Help Me, I'm Sad.
  

voltar